• Escola Superior do MPPR

Notícias

13/11/2019

Assista ao vídeo | MP Debate: Rede de Proteção a Usuários de Drogas e Familiares

Data

13 de novembro de 2019

 

Horário

10h

 

Apresentação

Eduardo Cambi | Promotor de Justiça e coordenador-geral da Escola Superior do MPPR

 

Convidados

Guilherme de Barros Perini | Promotor de Justiça, coordenador do Comitê do MPPR de Enfrentamento às Drogas e do Projeto Estratégico SEMEAR/MPPR.

Luís Felipe Ferro | Docente do programa de pós-graduação em Políticas Públicas da UFPR, doutor em Psicologia Social pela Universidade de São Paulo.

Andressa Bremm | Assistente social no NATE/Caex/MPPR, atua na 1ª Unidade Regional de Apoio Técnico Especializado – Curitiba.

 

Acompanhe a transmissão ao vivo

 

Inscreva-se em nosso canal do YouTube

 

Projeto Estratégico Semear

Por meio de uma pesquisa realizado com membros e servidores da Instituição, em abril de 2018, o Projeto Estratégico Semear identificou que um dos dados mais significativos se relaciona à percepção acerca da presença dos elementos uso, abuso e dependência de drogas como pano de fundo dos casos que chegam ao conhecimento das Promotorias de Justiça. Mais de 76% (76,3%) dos participantes respondeu que essa percepção ultrapassa a metade dos casos atendidos, sendo que a maior parcela dos respondentes (21%) optou pelo índice que aponta a presença do uso de drogas em 80% dos casos trazidos ao conhecimento do Ministério Público.

Destacam-se as expectativas dos membros e servidores em relação à atuação do Semear. Nesse aspecto, 57,6% dos entrevistados indicaram como a maior necessidade de maior articulação da atuação interinstitucional do Ministério Público do Paraná na formulação de políticas públicas sobre drogas e implementação de projetos e boas práticas no Município. Na sequência, como segunda e terceira maior porcentagem de resposta dos entrevistados está a de que 52,5% mencionaram a maior necessidade de construção de redes de atenção e proteção social nos Municípios e no Estado e que 45,2% dos entrevistados indicaram a maior necessidade de fornecimento de auxílio aos Promotores de Justiça com capacitação sobre a temática da drogadição.

Vale ressaltar que o fortalecimento e construção de Redes de Atenção e Proteção a Usuários e Dependentes de Drogas e seus familiares têm repercussão em todas as áreas de atuação do Ministério Público, razão pela qual sempre foi uma das metas prioritárias elencadas pelo Comitê de Enfrentamento às Drogas do MPPR e projeto SEMEAR.

 

Vídeo:

Recomendar esta notícia via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem